Páginas Avulsas

Poemas de minha autoria.

Textos


Ela medita cheia de incertesa,
na janela, pairando uma guirlanda…
Um alento da noite azul–turquesa,
um perfume em noctívaga ciranda...

O que pensa? O que sente? Sobre a mesa
luzindo a lâmpada zelosa e branda…?
Uma lágrima vem-lhe aos olhos, presa...
Caem pétalas nas telhas da varanda,

quando as cortinas mudam seu feitio,
e a flor entre elas move-se, estremece...
Fitos os olhos seus no céu sombrio,

o que medita, ela, depois da prece?
Quando murmura o vento fugidio
e a lágrima saudosa desce… Desce…
 
Paulo Maurício G Silva
Enviado por Paulo Maurício G Silva em 20/10/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras