Páginas Avulsas

Poemas de minha autoria.

Textos


Melancolia que nos ares passa,
enquanto o dia devagar declina...
E uma tarde cinzenta, de neblina,
a galharia murmurante, abraça...

Uma visão do céu feito fumaça...
Uma folha nos ventos, dançarina...
O voo tedioso da cortina,
a solidão cinzenta de uma praça…

Tudo traz uma insólita cantiga...
Como um farfalho na janela antiga,
um papel pela rua tediosa...

Como se a morte viesse nessa hora...
Misteriosa... Calma... Redentora,
na inspiração da tarde nebulosa…
Paulo Maurício G Silva
Enviado por Paulo Maurício G Silva em 20/10/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras