Páginas Avulsas

Poemas de minha autoria.

Textos


Essa rosa que em meu portão floresce,
roçando em frágeis laços o pilar,
dando a impressão de, quando a noite desce,
mais bela fica sob o véu do luar...

Essa rosa que em certa hora oferece
um perfume sublime, familiar,
lembra-me um beijo... E o beijo me parece
de uma alma que jurou sempre me amar...

Que com a sua delicadeza muda,
quase me cumprimenta, me saúda...
Torna o final do meu dia, perfeito,

marca o anoitecer de paz de um verão…
Essa rosa surgida em meu portão,
um dia há de dormir sobre o meu peito!
Paulo Maurício G Silva
Enviado por Paulo Maurício G Silva em 20/10/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras